Nutrição e Fases da Vida


Nutrição, Gestação e Aleitamento Materno

Uma alimentação saudável e equilibrada garante o bom estado nutricional da mãe, refletindo na qualidade da gestação e saúde de seu bebê. A alimentação da gestante deve ser variada e composta por todos os grupos de alimentos necessários para a saúde da mãe e garantindo bom desenvolvimento do bebê.

As Proteínas são um grupo de extrema importância, pois são responsáveis pela formação de estruturais em nosso organismo como tecidos, músculo, pele, unha, cabelo, etc. Como o bebê está em franco desenvolvimento o aporte de proteína também deve estar aumentado. 
As principais fontes são: Carnes (carne vermelha, frango, peixe), Ovo, Leite e derivados, Leguminosas (soja, feijão, lentilha, grão de bico, ervilha).

Os Carboidratos possuem a função de fornecer energia. Nesta fase a demanda energética também sta aumentada, porém isto não significa comer por 2. O consumo excessivo de alimentos deste grupo está correlacionada com o aumento excessivo de peso. 
As principais fontes são: Farinhas (macarrão, pão, biscoito, bolacha, bolo), Arroz, Açúcar, Cereais.

O grupo de Vitaminas e Minerais também é importante na alimentação da gestante. Este grupo tem a função de produzir células vermelhas do sangue, garante crescimento e desenvolvimento adequado, participa de processos de cicatrização e resistência as infecções, auxilia na manutenção de uma pele saudável, participa do processo de desenvolvimento dos ossos e dentes. Além disso, este grupo de alimentos possuem menores concentrações de calóricas e grande valor nutricional.
As principais fontes são: Frutas, verduras e legumes.

As Gorduras, embora devemos consumir com muita moderação possuem seu papel em nosso organismo. Elas auxiliam o transporte de nutrientes e vitaminas pelo organismo, participam da produção de hormônios.
As principais fontes são: margarina, manteiga, banha, óleos (de soja, milho, girassol, canola, de oliva), oleaginosas (nozes, castanhas, avelã)

As fibras são importantes na alimentação, pois durante a gestação geralmente o transito intestianl fica mais lento, sendo comum o surgimento de hemorróidas. Elas auxiliam no bom funcionamento intestinal, previne hemorróidas, controlam os níveis de colesterol no sangue.
As principais fontes são: Frutas, verduras e legumes crus e de preferência com casca, Cereais integrais (aveia, farelo de aveia, granola), produtos integrais (pão integral, arroz integral, macarrão integral).

Outro importante fator que devemos ressaltar é o consumo de água. Presente em quase todos os alimentos (frutas e hortaliças), a água controla a temperatura corporal, participa dos processos de digestão dos alimentos e na eliminação de urina e fezes.
Recomenda-se a ingestão de em média 2,0 litros ao dia. 

Durante o período de aleitamento as mães ficam preocupadas com a ingestão de determinados alimentos. Na verdade, neste período é importante manter o mesmo padrão da dieta realizada durante a gestação, pois desta forma conseguirá atender todas as suas necessidades nutricionais. 

Orientações Gerais:

  • Evitar períodos longos sem se alimentar
  • Realizar 6 refeições diárias fracionadas
  • Ingerir de 2 a 3 litros de líquido por dia, pois ajuda na produção do leite materno.
  • Consumir alimentos ricos em:
  • Vitamina A: fígado, manteiga, margarina.
  • Vitamina C: frutas cítricas como laranja, limão e morango e vegetais como brócolis e repolho.
  • Cálcio: leite e seus derivados, como queijo e iogurte.
  • Ferro: carnes, principalmente a carne vermelha.
É importante ressaltar que não é comprovado que alimentos consumidos pela mãe causem cólicas no bebê, porém algumas condutas são adotadas como prevenção:
  • Evite café, chá preto, chá mate.
  • Evitar Refrigerantes
  • Evitar Bebidas Alcoólicas
  • Evitar Fumo
Mitos:
  • Não é necessário consumir leite de vaca para produzir mais leite. A produção está muito ligada com a demanda que o bebê consome. Ingira bastante água ao longo de todo o dia.
  • Não existe leite fraco
  • Tente descansar, pois quanto mais relaxada e tranqüila a mãe estiver mais fácil será o processo de amamentação.

Cuidar da sua alimentação é um sinal de amor e carinho ao Seu bebê

 


 

Nutrição e Care
Nutrição Esportiva
Nutrição e Estética
Nutrição e Fases da Vida
Home Care
Nutritional Coaching
Personal Diet

Alimentação

Alimentação na Infância

Alimentação na Gestação
Alimentação do Idoso Alimentos Funcionais
Alimentação na Escola

Doenças

Alergia e Intolerância
Desnutrição
Diabetes
Dislipidemias

Gastrite
Úlcera
Doença do Refluxo
Obstipação Intestinal
Distenção Abdominal

Diverticulose
Hipertensão Arterial
Obesidade
Oncologia
Transtornos Alimentares


Menu principal

Equipe
Exames
Consultoria
Cursos
Mídia
Contato

Livros
Receitas